Portal
    Adicionar aos Favoritos
    Recomende este site
    Envie um comentário
       O Sana
    Anuncios Classificados
    Artes e Cultura
    Fotos e Vídeos
    História
    Papel de parede
    Pequena Semente
    Sanapa
    Turismo responsável
       Como chegar
    Mapas
    Transportes
       Onde comer
    Guia gastronômico
       Onde ficar
    Albergues
    Cama e Café
    Campings
    Hotéis
    Pousadas
       Lazer
    Cachoeiras
    Downhill Bike
    Passeios ecológicos
    Rafting
    Sana - BirdWatching
    Trekking
       Redes Sociais
    Facebook
    Orkut
    Twitter
       Canais
    Ampla
    Bancos
      Banco do Brasil
      Banco Itau
    Beleza e Saúde
    Caminhos de Santiago
    Culinária
    Decoração
    Horóscopo
    Inea
    Oi
    Prefeitura de Macaé
       Colunistas
  Acosta e o Desenvolvimento     Sustentável...
    Lourdes Acosta
  Animal Livre...
    Vininha F Carvalho
  Direito e Política...
    Dr. Hélio Márcio Porto
  Guerreiro da Luz...
    Paulo Coelho
  Opinião do leitor...
    Antenor L de Souza
    Gabriela Azcoaga Klett
    Jorge Luiz L de Aguiar
       Outros destinos
    Bonito BirdWatching
    Litoral de Macaé
    Litoral de Rio das Ostras
    Reserva Biológica União
       Previsão do tempo
      Telefones úteis
       Parcerias
 
 

Somente despertando a consciência ecológica é que evitaremos a
extinção do ser humano.
PENSE NISSO!

Comentários de Visitantes

Na Serra da Macaé, entre os municípios de Nova Friburgo, Casimiro de Abreu e Trajano de Moraes, em altitudes que variam entre 300 e 500m, que lhe confere um clima agradável durante todo o ano, com temperaturas entre 18°C e 24ºC na maior parte do ano e calor bem distribuído o ano inteiro, no inverno, a temperatura varia de 10ºC à 18ºC, está o Sana, 6º Distrito de Macaé, uma APA criada pelo município e bastante avançada no seu processo de gestão, contando com um Conselho Gestor e de legislação própria, que vem adequando-se à realidade do desenvolvimento econômico, habitacional e turístico.
Estrategicamente situado dentro do mapa do Estado do Rio, o distrito fica próximo do Rio de Janeiro, Niterói, Macaé, Campos dos Goytacazes, Casimiro de Abreu e toda a Região dos Lagos, há menos de 2 horas, onde Casimiro de Abreu equivale à principal porta de entrada, distando apenas a 25 km dali, pela estrada Serra Mar (RJ-142), já asfaltada.
Veja as principais rotas de acesso ao Sana em nossa página de “mapas”.

Pode-se dizer que o distrito do Sana é dividido em três regiões distintas: Barra do Sana (no encontro do rio Sana com o rio Macaé); Arraial do Sana, onde se encontra a maior parte da população e Cabeceira do Sana (onde nasce o rio Sana, que corta todo o distrito, recebendo em seu curso uma dezena de pequenos e médios afluentes como o Rio Peito de Pombo onde situam-se as Cachoeiras: Sete Quedas, Mãe, Pai e o Escorrega; o Rio Andorinhas, na Cabeceira do Sana, onde se encontra a belíssima Cachoeira das Andorinhas; o Rio São Bento, cheio de lindas piscinas naturais e cachoeiras escondidas; o Córrego da Boa Sorte com sua singela queda d'água de mesmo nome; o Córrego da Glória; e outras nascentes).

Hoje, frequentado por pessoas em busca de contato com a natureza e de tranquilidade o Sana é cercado de magia e encantamento, o distrito do Sana tem a melhor infraestrutura da região serrana para o turismo, com um grande número de pequenas pousadas, hotel fazenda e áreas de campings com capacidade para receber um bom número de visitantes, além de bares e restaurantes.

Roteiros de passeio:

Cachoeiras
Você poderá visitar as Cachoeiras do Sana desde que siga corretamente as normas de visitação da Bacia Hidrográfica do Córrego do Peito de Pombo, estabelecidas pela Resolução 004/2010, do Conselho Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável(COMMADS):
Horário de Visitação: das 08 às 17h.
Não é permitido:
• tráfego de veículos motorizados e bicicletas;
• acesso de animais domésticos;
• prática de esportes;
• isopores, caixas e similares que sirvam para acondicionar mercadorias e produtos;
• bebidas alcoólicas;
• objetos de vidro;
• aparelhos ou instrumentos que promovam ruídos elevados;
• churrasqueiras;
• barracas de acampamento;
• produtos que venham causar riscos de incêndio;
• óleos bronzeadores.

Destaque: por um caminho limpo e sinalizado, por cerca de 20 minutos, chega-se à Cachoeira do Escorrega. Para crianças que gostam de divertir-se escorregando num “toboágua” natural esta é a melhor cachoeira, possui piscinas com pouca correnteza, tornando a brincadeira segura para qualquer idade.

Caminhadas
A Pedra do "Peito de Pombo" uma formação é rochosa que vista de certos ângulos assemelha-se a um pombo pousado sobre a pedra, é o ícone ecológico de Sana e quem chega ao cume desfruta de linda vista das montanhas além do litoral de Cabo Frio, Búzios, Macaé e Rio das Ostras. Um visual prá lá de radical!!!
Entre ida e volta são sete horas de caminhada, que só pode ser só feita com acompanhamento de condutores que poderão ser contratados através de celular (22) 9.8812-9087 (falar com Maurício), ou ainda, solicitando informações pelo e-mail: saessana@hotmail.com

Rafting e Canoeing
Você pode praticar o rafting pelas corredeiras do rio Macaé, desfrutando de belas paisagens, contratando os serviços da CANOAR, cuja base de operação situa-se 6 km após Casimiro de Abreu, logo após uma ponte, do lado direito.

Contato com: gersonnunes@hotmail.com


Sítio Ecológico
Ruínas datadas entre o século XVII-XIX podem ser encontradas em alguns lugares na serra de Macaé. Não possuímos quaisquer informações técnicas sobre estes locais, apenas informações coletadas de moradores e de Jane Marinho e Conceição Franco, que são duas historiadoras que trabalham no Centro Cultural de Macaé. Visite o sítio ecológico clicando aqui.

O QUILOMBO DE CARUKANGO
Poucas pessoas sabem, mas em Macaé existiu um Quilombo quase tão importante quanto ao Quilombo dos Palmares. O Quilombo de Carukango era um desses agrupamentos que ameaçavam a ordem da Colônia. Situava-se na Serra Macaense, mais precisamente num platô localizado na Serra do Deitado, parte da atual Serra da Pedra Branca. Constituindo-se em uma das maiores comunidades quilombolas do Estado do Rio de Janeiro, o quilombo de Carukango desenvolvia diversas atividades agrícolas, além da caça e da pesca. Os quilombolas viviam sobre um único abrigo, em forma de barracão, e resistiram por quase duas décadas. A Equipe Desema de Turismo de Aventura está a procura de patrocínio para montar uma expedição para localização e mapeamento com GPS deste Quilombo. Entre em contato com a nossa equipe para maiores informações. Quer saber mais? Clique aqui...

     
 
 
     
© 2003-2015 Designios Refinados. Todos os direitos reservados.